Cidade de Deus versus Moro

Não são apenas os partidos do chamado Centrão que trabalham nos bastidores para que o COAF fique com Guedes e não Moro. O banco Bradesco, que movimentou bilhões de reais de propinas para empresas envolvidas na Lava Jato e para políticos enrolados, como o ex-governador e presidiário Sérgio Cabral, tem trabalhado forte para que o COAF fique fora do comando do Ministro da Justiça Sérgio Moro.

Os comentários estão encerrados.

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: