Globo e Folha declaram guerra ao governo

Foram justamente estes dois veículos que mais incentivaram e noticiaram a greve da última terça-feira. Só não disseram que era em razão do corte de verbas federais. O mais duro é que entre os manifestantes era nítida presença da CUT, que não tem nada ver com universidade no Brasil. Impressionante foi que a Bandeirantes e a Rede Record deram a entrevista do presidente Bolsonaro em Dallas e também noticiaram que o governador de São Paulo, João Doria, em evento em Nova York, não só defendeu e destacou o presidente do Brasil, como criticou duramente o prefeito de Nova York, que atacou o presidente da República.

 

Os comentários estão encerrados.

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: