Escândalo portuário na Bahia envolve MPF e as Justiças Federal e Estadual

Uma série de ações criminosas provocam um novo escândalo na Bahia. A construção de um novo terminal milionário iniciado fraudulentamente pelo Tecon no porto de Salvador. Não teve licitação, a prefeitura de Salvador concedeu alvará em prazo recorde de cinco dias, o que determinou ações policiais e judiciais com consequências imprevisíveis.

Os comentários estão encerrados.

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: