O poder e a causa própria

O projeto aprovado em caráter de urgência na CCJ-Senado que restringiu o poder de ministros do STF de tomar certas decisões monocraticamente ainda não foi levado a plenário para votação. Ressabidos os senadores sabem que Davi Alcolumbre poderá segurar a votação em plenário como está fazendo com a CPI Lava Toga e impeachment Gilmar Mendes, pois como investigado no STF Davi vai segurar tudo que possa afetá-lo na alta corte. Pior ainda na Câmara dos Deputados onde a onda moralizadora contra ações isoladas ainda não chegou aos deputados, que aceitam o arbitrário Rodrigo Maia, monocraticamente, manter na gaveta a PEC já aprovada no Senado em Dezembro de 2018 que extingue foro privilegiado de mais de 55 mil funcionários públicos, em seu interesse pois ele seria atingido diretamente.

Os comentários estão encerrados.

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: