Força aérea não dará apoio ao militar traficante

O governo espanhol já recebeu comunicação do governo brasileiro para apurar com máximo rigor o lamentável episódio. Sem advogado, o governo espanhol vai designar um defensor público para o sargento que já começou a falar. A força aérea brasileira não quer se envolver no episódio, mas algumas revelações feitas pelo sargento já chegaram ao conhecimento de militares da Aeronáutica.

Os comentários estão encerrados.

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: