Miopia da família Bolsonaro (II)

Com crises de ciúmes e receosos pelo crescente protagonismo de Heleno, Moro e Guedes, os “Bolsonaros” vão avançar com a estratégia de detonar esses três pilares, sem pressa, um após o outro. Míopes, agora não enxergam que só vão acelerar o desgaste e queda da credibilidade do presidente. Bolsonaro foi eleito pelo clamor popular anti-petismo com a missão de até 2022 extirpar esse câncer, caso contrário a sociedade não vai perdoar seu insucesso e implacável vai buscar outro candidato e nada de Bolsomito em 2022.

Os comentários estão encerrados.

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: