Dinheiro de mentira

O Banco do Nordeste, que teoricamente deveria fomentar projetos de desenvolvimento no nordeste brasileiro, ostenta dezenas de bilhões de reais em seu balanço. Grande parte deste dinheiro vem dos fundos constitucionais e está parado porque são pouquíssimas as empresas que conseguem as cartas fiança de bancos como Itaú, Bradesco e Santander exigidos pelo Banco do Nordeste para emprestar seus recursos. Com tanta dificuldade, muitos empresários já questionam o verdadeiro papel da instituição. Pelo menos, por enquanto, o Banco do Nordeste só dá alegria aos grandes bancos privados.

Os comentários estão encerrados.

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: