Ciro sendo Ciro

Todo o Brasil já conhece a fervura verborrágica do eterno candidato à Presidência Ciro Gomes, que oscila a cada entrevista. Tem jornalista presente, é pau-puro em A, B, C , pois todo mundo tem defeitos pela ótica e língua do cearense. Ciro, no passado praticamente perdeu uma boa dianteira em eleição presidencial porque xingou de burro um ouvinte em uma rádio baiana e acabou viralizando por todos os veículos de comunicação do país. Até mesmo sua então namorada, a atriz Patrícia Pilar, foi rebaixada em importância na relação integral com o candidato, à época, com a revelação despudorada de que o “papel dela é de dormir comigo”. Da extrema esquerda, passando pelo centro, e chegando a extrema direita, Ciro Gomes afia a língua gastando todos os adjetivos negativos em direção àqueles que não comungam com suas ideias e ações. Agora, só se dirige na mídia ao presidente Bolsonaro como um “Grande Canalha” no poder. Ciro Gomes, irmão do “Cid Escavadeira”, está sendo reconhecido publicamente como  “Cirovírus”, com as mesmas características da doença da moda – expande muito, mas tem pouca letalidade .

Os comentários estão encerrados.

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: