A voz da torcida é a voz de Deus

E a cada semana as pesquisas de opinião aplicadas na opinião pública brasileira acusa um abandono gradativo de eleitores do presidente Bolsonaro, e também daqueles cidadãos que não ligam para disputas eleitorais. A sorte de presidente, cada dia mais boquirroto, tal qual alguns técnicos de futebol, foi montar um time de craques, onde despontam três “fora-de-séries” que são Moro (justiça), Mandetta (saúde) e Tarcísio de Freitas (infraestrutura). Só pra ilustrar, e sem sair do campo de futebol: o temido técnico do Flamengo, sr Yustrich, dispunha de um escrete de primeira, mas por ser violento, falastrão e autoritário nunca foi o queridinho da nação rubro negra. Já outro técnico do passado, o gordo e sonolento Feola muitas vezes ficava “na dele” quieto no banco lateral do campo, assistindo a sua seleção canarinho dando show de bola. Entrou pra história! Então, dispondo de Moro, Mandetta e Tarcísio, cabe ao presidente Bolsonaro assistir mais ao jogo, sentado em sua cadeira presidencial, sem atrapalhar o seu elogiado time, e a nação, que muito preocupada com a pandemia ficaria um pouco mais aliviada. “Por qué no te callas, Bolsonaro?”, dispararia o rei emérito espanhol Juan Carlos I.

Os comentários estão encerrados.

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: