Decisões ao vento

Está tomando corpo em todo o Brasil um movimento de desobediência e enfrentamento às decisões do governo Bolsonaro relativas ao combate à pandemia do coronavírus. Em queda-de-braço diário com governadores quanto às medidas de isolamento, de nada valeu o capitão-presidente decidir ampliar a lista de comércio, considerado essencial, incluindo salões de beleza e academias de ginástica. Menos de duas horas após a decisão palaciana, que o próprio ministro da saúde desconhecia, gestores estaduais e municipais já informavam que em seus estados e municípios nada iria mudar. Agora, para eles, é cada qual em seu quadrado… se Bolsonaro não quer ajudar, que não atrapalhe.

Os comentários estão encerrados.

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: