Consequências pandêmicas

No ano pandêmico de 2020, houve um adiamento nos planos das mulheres que querem ter filhos através de tratamentos de reprodução assistida da ordem de 34%. O levantamento foi feito pelo Instituto Guttmacher, organização líder em pesquisas de saúde, sexualidade e reprodução. A decisão de adiamento do sonho da maternidade, além do receio de contrair o vírus da Covid, atendeu a orientação da Anvisa pela suspensão do procedimento médico. O fatídico ano passou… mas, enquanto não tivermos concluído todo o processo da vacinação (que não se inicia no país), o problema para as futuras mamães permanece.

Os comentários estão encerrados.

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

<span>%d</span> blogueiros gostam disto: