Alta magistratura de Brasília acredita que dos 60 desembargadores do TJBA apenas 10 não venderam sentenças

O volume de denúncias e de nomes de delações premiadas, ontem, foi assunto no STJ e no CNJ. O Tribunal da Bahia tem 60 integrantes entre desembargadores e desembargadoras e pelo volume de delações premiadas, podem ser atingidos e atingidas 50 desembargadores e desembargadoras. A Justiça da Bahia continua no fundo do poço, a exemplo também da Justiça do Trabalho.

Os comentários estão encerrados.

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

<span>%d</span> blogueiros gostam disto: