Bolsonarismo de estetoscópio

Surpreende a todos a virulência das entidades médicas em todo o país, saindo de uma postura de omissão e negacionismo para a defesa radical de um governo desconectado da realidade. Envergonhados com as declarações das representantes do Sindicato médico da Bahia, Ana Rita de Luna e Clarice Sabá, presidente e diretora de comunicação respectivamente do Sindimed, a classe já pensa em convocar novas eleições para salvar a imagem dos profissionais da saúde com inadequadas preferências partidárias. A propósito, diversos representantes atuais do Sindimed já são conhecidos pela atividade e presença em manifestações públicas pró-Bolsonaro que ocorrem no estado. Não é à toa que vem surgindo nas redes sociais opiniões recorrentes sobre o atual sindicato dos médicos:  “SINDIMED, O SINDICATO DO PRESIDENTE”.

Os comentários estão encerrados.

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: