Exército mostra que Bolsonaro não manda na corporação

Ontem, o Exército brasileiro divulgou uma foto com três generais reunidos, sendo que dois já foram comandantes da corporação. Eduardo Vilas Boas foi sucedido por Edson Pujol e Paulo Sérgio Nogueira que substituiu Pujol. O detalhe é que no último domingo o atual comandante do Exército, ainda sem saber que iria para o cargo, deu uma longa entrevista ao Correio Braziliense, o mais importante jornal do Distrito Federal, cumprindo todo o ritual de combate à pandemia. Ao ler a matéria no próprio domingo, Bolsonaro ficou chateado com Pujol, mas na segunda-feira teve que engolir Paulo Sérgio Nogueira para o comando do Exército. O fato de ontem atesta que Bolsonaro não tem mais nenhum prestígio nas Forças Armadas.

Os comentários estão encerrados.

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

<span>%d</span> blogueiros gostam disto: