Ai, que preguiça!

No mês de junho de 2019, o Brasil assistiu a mais um escabroso crime, envolvendo um parlamentar. Dessa vez, a notícia era de que a pastora e deputada federal do RJ, Flordelis, responsável pela guarda legal de uma prole de mais de cinco dezenas de filhos adotados, estava sendo acusada de planejar e executar, com a ajuda de alguns deles, o assassinato do próprio marido Anderson do Carmo. No país da impunidade, o tempo passa, o tempo voa, e até agora o Conselho de Ética e Decoro Parlamentar da Câmara Federal ainda não concluiu o processo de cassação da deputada. Daqui a três meses será aniversário de dois anos do crime. E já já termina o mandato…

Os comentários estão encerrados.

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

<span>%d</span> blogueiros gostam disto: