Muito abaixo da média I

Aquela reunião ministerial de 22 de abril do ano passado, em que Bolsonaro soltou palavrões em 29 oportunidades, foi o principal marco negativo desse governo tosco em que nos metemos. Não que o destempero, a teimosia e a agressividade sejam novidades na vida pública de Jair Messias Bolsonaro, entretanto vestido com a faixa presidencial torna-se mais grave o quadro, consagrando-o como o chefe de nação mais desbocado do mundo.

Os comentários estão encerrados.

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: