Estaria de mal com a vida?

O neto do ícone político da Bahia – governador ACM – herdou algumas características do famoso líder nordestino de outrora. Uma delas, mas não a principal, já que o avô deixou importantes legados para o estado, é o de entrar em brigas com possíveis desafetos, confrontos que ACM adorava. A considerar os últimos três meses em que está afastado da gestão de Salvador, após oito anos de mandato, o ex-prefeito ACM Neto está se mostrando um turrão de primeira, metido em constantes intrigas, muxoxos e denúncias de traição. O ócio administrativo do jovem político baiano – e agora também sem mandato legislativo -, e acrescido da pouca visibilidade que tem na mídia nacional, transformaram-no em protagonista de encrencas com antigos parceiros políticos, tais como o deputado Rodrigo Maia, o governador João Dória, e colaboradores diretos como o atual ministro João Roma, e mais recentemente o vereador soteropolitano Alexandre Aleluia. Esse último, por sinal, quer deixar imediatamente o DEM, querendo manter o máximo de distância do enfezado presidente da sigla, ACM Neto. O que estaria se passando na cabeça do Zangado?

Os comentários estão encerrados.

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: