Com Pinho Sol

Esse mesmo advogado, que já temos o nome e sobrenome, acha que pode intimidar os servidores que outrora chefiou. Até conseguiria, não tivesse se juntando a um empreiteiro sem credibilidade, useiro e vezeiro em delatar seus parças políticos. Agora o bochechudo guloso quer porque quer dar pitacos em questões ambientais, ligadas a postos de gasolina e supressão de vegetação. O alto comando da prefeitura foi avisado e logo logo proíbem sua entrada no paço municipal. Depois que o MP anulou o acordo de 28 milhões envolvendo um consórcio de Carlos Laranjêra e depois do TAC do posto em Ondina, dona Rita Tourinho promete limpar o rastro de Zé Bochecha, mas dessa vez com Pinho Sol.

Os comentários estão encerrados.

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: