Atuação sofrível

Ângela Merkel, chanceler alemã e uma das mulheres mais poderosas do mundo, resumiu em uma frase a posição correta para se combater, com êxito, a pandemia: “O vírus não perdoa a hesitação”. E como a frase serve como carapuça para os gestores federais do Brasil que descuidaram criminosamente da covid em nosso país. Tivemos (e ainda temos por aqui) uma negação contínua e com muita zombaria sobre o vírus, a máscara e o isolamento social; uma avaliação inicial errada e desinteressada sobre a contratação de vacinas no tempo certo; apoios às beberagens milagrosas; demora na contratação de oxigênio e insumos hospitalares e uma infinidade de vacilos e equívocos no desenvolvimento semanal do Plano Nacional de Imunização. Tudo errado!

Os comentários estão encerrados.

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: