Clube-empresa é a salvação do futebol brasileiro

Esta semana, o Senado da República deve aprovar, em regime de urgência, projeto para tornar realidade a formação de clube-empresas. Hoje no Brasil, as maiores agremiações que estão em São Paulo, Rio de Janeiro e Minas Gerais estão falidas. A Globo comprou na bacia das almas o Campeonato Brasileiro enquanto Copa do Brasil, Copa do Nordeste e outros “babas” não conseguem despertar atenção do telespectador brasileiro. Não tem mais jeito. Para se ter uma ideia, clubes como Cruzeiro de Minas Gerais, Atlético Mineiro, Corinthians Paulista, Palmeiras, São Paulo, Fluminense, Flamengo e Vasco, os grandes clubes do futebol brasileiro estão na bancarrota. No Nordeste a situação é mais grave. Clubes como Bahia e Vitória estão na bancarrota. Esporte Santa-Cruz e Náutico também. Somente o projeto de clube-empresa pode amenizar essa terrível crise do futebol brasileiro que não tem dinheiro, nem mais público. 

Os comentários estão encerrados.

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: