Denúncia grave

Quatro senadores e três deputados federais foram os responsáveis pela liberação do maior desmatamento da Amazônia. Jorginho Mello do PL de Santa Catarina, Telmário Mota do PROS de Roraima, Zequinha Mauro do PSC do Pará e Mecias de Jesus dos Republicanos de Roraima são os quatro senadores e mais três deputados federais que pediram ao ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, para liberar um contrabando de R$ 130 milhões com 200 m³ de madeira derrubada na Floresta Amazônica. Nenhum deles rebateu a denúncia do ministro do Meio Ambiente. A denúncia foi feita e já ganhou manchetes nos principais órgãos de divulgação do exterior. Não é sem razão que os maiores jornais do mundo estão criticando o presidente Jair Bolsonaro.

Os comentários estão encerrados.

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: