“Só estou olhando”

As famílias brasileiras estão mais inseguras com relação à situação financeira no futuro próximo. Por conta disso, diminuiu muito a intenção de consumir, baseado em resultados da pesquisa da Confederação Nacional do Comércio de Bens e Serviços neste mês de abril. Em relação a abril do ano passado, período em que já vivíamos a primeira onda da pandemia, a queda é de 26,1%. Cinquenta e três vírgula três por centro (53,3%) consideram negativa sua perspectiva profissional; 41,2% acham suas rendas piores do que no ano passado; 59,9% consideram que seu nível de consumo é menor que o de 2020; e 41,7% consideram ter ficado mais difícil comprar a prazo. Os motivos deste baixo astral geral, todos já conhecem: lentidão da vacinação, mercado de trabalho minguando, desencontros na gestão fiscal, inflação em alta e desaceleração da recuperação.

Os comentários estão encerrados.

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: