De mal a pior

Apesar de o Brasil não ser uma “republiqueta” como imagina o presidente, avançamos muito nessa malgrada posição do país, graças às barbeiragens cometidas nesses dois anos de gestão bolsonarista, a saber: seu ex-ministro da Educação Weintraub queria “colocar todos os vagabundos na cadeia, começando pelo STF”; seu ex-ministro da Saúde, Pazuello, quase sufoca toda Manaus sem oxigênio para leitos covid; seu chanceler Ernesto Araújo brigou com os principais países e líderes mundiais alçando o país ao vergonhoso título de País-pária; e seu ainda ministro do meio-ambiente, Ricardo Salles, não pode aparecer em mais nenhum evento ou reunião em que se trate sobre política ambiental global. Realmente, Bolsonaro é um fazedor de republiquetas… e quase conseguiu por aqui.

Os comentários estão encerrados.

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: