Bolsonaro enquadra o comando do Exército

Ontem, em Brasília, o assunto era um só: Bolsonaro garantiu ao General Pazuello que ele não será punido pelo Exército. Para isso, voltou a enquadrar não só o comandante do Exército como também o ministro da Defesa pedindo sigilo sobre as apurações de um caso que já é do conhecimento de todos os brasileiros. 

Os comentários estão encerrados.

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: