Escola chinesa

Com investimentos de cerca de R$ 3 milhões em moderna tecnologia, incluindo um robô que conversa em mandarim com os alunos, corrigindo sua pronúncia, começa a funcionar no RJ a primeira Escola Chinesa Internacional oferecendo educação básica chinesa, em ambiente trilíngue: mandarim, português e inglês. A procura é tão grande que 60% dos matriculados são brasileiros. Antes de terminar o ano de 2021, abre uma filial em São Paulo, com recursos de empresários chineses que vivem aqui, além do apoio do próprio governo chinês.

Os comentários estão encerrados.

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: