Crimes solucionados

Os baianos Bruno e Yan Barros, tio e sobrinho, respectivamente, foram encontrados mortos, com sinais de tortura, no final de abril, no porta-malas de um carro, modelo I30, com placa clonada e roubado há cinco dias em Salvador. Um pouco antes foram flagrados furtando pacotes de carnes em uma loja do grupo Atakarejo, localizado em um bairro popular da capital baiana. Julgados e justiçados, na pancada, por seguranças do supermercado, foram entregues, imediatamente, aos traficantes do bairro onde funciona o supermercado. O crime após a instalação do “Tribunal da Morte”, e que teve filmado o desespero das vítimas ao saberem que seriam entregues aos traficantes justiceiros chocou o país, repetindo um caso de justiça com as próprias mãos ocorrido em supermercado Carrefour, meses atrás em Porto Alegre/RS. O crime da Bahia foi ainda mais grave, porque a sentença foi executada com a parceria de atuação de uma quadrilha de traficantes vizinhos ao supermercado.

Os comentários estão encerrados.

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: