Um protagonismo desnecessário e fora de hora

Por mais que se critique as derrapadas e confusões administrativas do Plano Nacional de Imunização, críticas bem merecidas, aliás, soa exclusivamente midiática a divulgação do governo paulista de um calendário de reforço para vacinação Covid no estado, inclusive já definindo datas para o primeiro mês do ano que vem. João Dória, o governador que merece todos os aplausos pela forma intrépida e firme que enfrentou o negacionismo absurdo do presidente Bolsonaro contra a vacina Coronavac apoiada pelo governo de São Paulo, “errou a mão” em querer se antecipar, fora de hora, tentando criar uma ação futura de imunização para os paulistas, desconsiderando que o resto do país ainda se ressente da falta de imunizantes, dos atrasos e interrupções de campanhas estaduais de vacinação, e da ausência de estudos sérios e completos sobre a necessidade ou não de se criar campanhas públicas de reforço de vacinação. Menos, Dória, menos!

Os comentários estão encerrados.

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: