Fim do Banco Econômico da Bahia ainda preocupa o BNDES

A carteira de crédito do Banco Econômico em liquidação extrajudicial está mantida no BNDES e o Fundo Garantidor de Crédito, desde 1995 quando o banco quebrou, serão liquidadas ainda este ano. O lance mínimo é de quase R$ 940 milhões, sendo quase R$ 490 milhões do BNDES e quase R$ 450 milhões do fundo garantidor. Os acionistas que perderam vão continuar sem receber nada. Enquanto isso, o principal responsável, o ex-presidente Ângelo Sá, mantém o seu patrimônio. 

Os comentários estão encerrados.

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: