A China salva a Bahia

A China permanece liderando como o principal mercado para as vendas externas da Bahia, com 32% de participação no ano e crescimento de 36%. É seguida por Singapura com 12,5% de participação, e pelos EUA que estão com 11,5% de participação. As exportações baianas cresceram 20,6% e alcançaram US$ 924,1 milhões no mês passado. João Leão, vice-governador baiano e Secretário de Planejamento, continua confiante: “Os números mostram que a crise provocada pela pandemia em nenhum momento nos paralisou”. O que não pode ocorrer é Bolsonaro e Paulo Guedes atrapalharem… principalmente quando fazem uso de suas resenhas sinófobas.

Os comentários estão encerrados.

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: