Ação e reação II

Aliás, em seu programa semanal na internet – PAPO CORRERIA –, Rui Costa deixou transparecer que vê com bons olhos medidas mais duras implementadas em outros países – como a Alemanha – onde quem não tomar vacina terá que custear seus exames Covid e futuros tratamentos hospitalares, caso necessite. O governador baiano, que prometeu ficar até o fim do seu mandato em 2022, portanto sem próximas disputas eleitorais, não precisa “fazer média” com futuros eleitores. O que não ocorre com o prefeito da capital, Bruno Reis, ou com seu padrinho político ACM Neto, ambos futuros candidatos, e que divulgam aberturas de shows, réveillons e carnavais, em Salvador, mesmo correndo riscos do recrudescimento de contaminação Covid a reboque. 

Os comentários estão encerrados.

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: