Batendo o corner e cabeceando

Essa mesma promotora baiana anda a procurar chifre na cabeça de cavalo. Não se sabe por quais interesses anda movida a encontrar malfeitos inexistentes em instituições sérias. Coisa de quem não olha para o próprio umbigo. E o que é pior: colhe depoimento e depois encaminha a minuta (com correções) para o depoente assinar. A moda agora é instruir testemunha? Botar na boca das pessoas o que o MP quer ouvir? Dessa nem o advogado de seu “ex-marido”, um procurador da República aposentado, conseguirá resolver. Atenção CNMP. Em breve, nemamigoneminimigo dará mais detalhes desse claro abuso de autoridade.

Os comentários estão encerrados.

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: