Bolsonaro seria personagem de Stanislaw Ponte Preta

Em belo artigo assinado pelo jornalista e colunista da Folha de São Paulo, Alvaro Costa e Silva, o inesquecível e brilhante Sérgio Porto, que fustigava as aberrações da ditadura militar, é citado pelo festival de besteiras que sempre publicava durante o período militar. “Não é preciso arrolar os inúmeros cacos de burrice explícita de Bolsonaro — como ter ido visitar a ‘Torre de Pizza’ e confundido o político John Kerry com o humorista Jim Carrey — para notar as semelhanças com os tempos da redentora”. Como se vê, é a sorte de Bolsonaro que o inconfundível e inesquecível Stanislaw Ponte Preta está morto, mas é sempre lembrado.

Os comentários estão encerrados.

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: