ESG apenas no discurso III

Controlado pela “champagne socialist” Neca Setubal, o Banco Itaú terá muitas dificuldades para explicar aos grandes fundos de investimento mundiais, que exigem os princípios ESG, sua postura racista e pouco inclusiva no evento de Nova York. Infelizmente, ficou demonstrado para o mundo que o quadro de executivos do Itaú está muito distante das cores e gêneros que representam a sociedade brasileira. Sociedade esta que sustenta os resultados exorbitantes da instituição há anos. Para os fundos que cumprem fielmente e observam regras e regulamentos ESG, inclusive os geridos pela Itaú Asset, enquanto a Instituição não mudar na prática suas ações, a única alternativa deveria ser se desfazer de suas posições de ações do banco. Quem sabe este “wake up call” faça o Itaú acordar, como ocorreu recentemente com sua investida XP Investimentos em um episódio bem parecido.

Os comentários estão encerrados.

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: