Mentindo igual ao marido

A relutante Michelle estreou na campanha com um discurso mais religioso do que político. Mais do mesmo. Difícil conquistar um eleitorado majoritariamente contrário a Bolsonaro com rezas e o uso do nome de Deus em vão. O único momento em que tentou fazer política nos seus 10 minutos de fala, cometeu um pecado: mentiu. Acenou para as mulheres nordestinas, uma verdadeira muralha contra Bolsonaro na região, falseando a verdade em relação à água: “Quando leva água para o Nordeste, está cuidando da mãe dona de casa, que leva água numa bacia na cabeça para cozinhar para seus filhos”, discursou. Mentira. E deslavada. A transposição do Rio São Francisco é uma obra de quatro governos. Nunca foi primazia do governo do seu marido.

Os comentários estão encerrados.

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: