Bolsonaro e Ciro precisam respeitar liturgia do cargo

O presidente e o ex-ministro Ciro Gomes precisam respeitar os seus adversários e a liturgia de cargo. Bolsonaro ataca a tudo e a todos, dirige ofensas grosseiras ao ex-presidente Lula, ao STF e até mesmo a empresários e demais figuras do país. Igual procedimento tem o ex-ministro Ciro Gomes. Longe de agradar, eles decepcionam o eleitorado brasileiro e, com isso, não respeitam os eleitores. Para se ter uma ideia, ontem, o TSE recebeu uma das maiores organizações eleitorais do mundo, com ela firmou convênio e, assim, terá nas eleições do Brasil um acompanhamento dos organismos internacionais dos mais valiosos, enquanto um ministro da Defesa, sem nenhuma compostura, continua a atacar a Justiça Eleitoral do país. Uma lástima.

Os comentários estão encerrados.

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: