Suicídio infeliz II

O sobrepreço de uma operação de captação de recursos liderada pelo banco suíço Credit Suisse em Goiás gerou prejuízos de dezenas de milhões de reais à estatal Saneago. Sem os preciosos recursos, quem perdeu foi a população goiana, que não recebeu parte de importantes investimentos em saneamento. Por outro lado, com as comissões milionárias da operação, o atual presidente do banco José Olympio Pereira e seu ex-menino prodígio, Sérgio Firmeza Machado, encheram suas contas de dólares e suas paredes com obras de arte. 

Os comentários estão encerrados.

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: