Ratoeiras podres

A migração em massa de contas salário dos bancos tradicionais para contas digitais das chamadas fintechs é um fortíssimo indício de que bancos como Itaú, Bradesco, Santander, Banco do Brasil e Caixa, que juntos controlam mais de 90% do varejo bancário brasileiro, não encantam mais seus clientes. Cansados de serem obrigados a comprar produtos com baixa rentabilidade como, por exemplo, títulos de capitalização, e CDBs que oferecem retornos muito abaixo dos títulos públicos, que são de longe o investimento mais seguro no Brasil, clientes dos grandes bancos têm enxergado essas instituições como ratoeiras velhas e podres.

Os comentários estão encerrados.

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: