Os mesmos de sempre

O ex-governador da Bahia Jaques Wagner, agora eleito senador, é outro que aparece em nova delação. Já figurou na Odebrecht onde tem um processo em curso, com ele também o amigo Carlos Daltro, que figurou na Odebrecht e agora figura na OAS, era o homem que recolhia o dinheiro. No PT da Bahia ainda figuram Nelson Pelegrino e Sérgio Gabrielli, de São Paulo o tucano José Serra que insiste em afirmar que prestou contas à justiça eleitoral, também o seu companheiro Aécio Neves, hoje deputado federal. A verdade é que sempre que se destampa um esgoto, os mesmos ratos aparecem. No MDB não poderiam faltar nomes como de Edison Lobão, Eduardo Cunha, Geddel Vieira Lima e também Sérgio Cabral. No DEM o ex-prefeito do Rio de Janeiro, Eduardo Paes.

Os comentários estão encerrados.

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: