Furdunço

Em Salvador fez muito sucesso no carnaval (em tempos anti-pandêmicos) a manifestação da folia denominada furdunço, uma miscelânea de sons, ritmos e alegrias que envolve todo mundo. Faz parte da sadia confusão em que bem vive o baiano em dias de Momo. Pois bem, tirando essa parte alegre, e falando de política nada divertida, a possível entrada no tabuleiro da disputa ao governo da Bahia, em 2022, do deputado federal e recém-nomeado Ministro das Cidades, João Roma, criou o maior furdunço na vida do ex-prefeito ACM Neto, o padrinho do debut eleitoral de Roma em Brasília, mas agora queridinho do presidente Jair Bolsonaro. ACM Neto sempre foi arredio a maiores proximidades com o capitão-presidente, pois o eleitorado baiano não dá a menor bola para o presidente, não contava que o seu pupilo levaria  a sério a candidatura ao Palácio de Ondina. Neto, sem mandato político e sem cargo no Executivo, vai ter que fazer muita mandinga nos terreiros baianos para reverter essa picada da “mosca azul” no afilhado João Roma.

Os comentários estão encerrados.

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: