Fomos felizes e não sabíamos

Tempo bom que parece que não volta tão cedo. Já tivemos em gestões presidenciais passadas a discussão sobre melhores alfaiates para imitar os tipos e botões de jaquetões usados por José Sarney e seus ministros, marcas de gravatas (Hermès ou não) por Collor e seus seguidores, e pelos rótulos de vinho (até Romanée apareceu) e marcas de charutos  (Cohiba e Montecristo) baforados pela companheirada do presidente Lula. Atualmente, sobrevivendo à trágica pandemia da gestão negacionista do Bolsonaro, só discutimos as marcas de vacinas Coronavac, Astrazeneca, Sputnik V. Qual a mais eficaz contra a Covid-19 e qual a que estará mais rápido em nossos braços. Tempos ruins!

Os comentários estão encerrados.

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: