Marca da morte

A Universidade de Washington, fez, há alguns meses, uma projeção matemática sobre o número de mortes covid no Brasil, alcançadas no início de julho, portanto daqui a 36 dias, chegando ao resultado espantoso e trágico de 562.863 óbitos até primeiro de julho. Pode não bater corretamente essa contabilidade macabra, contudo pelo péssimo “conjunto da obra” da gestão negacionista de Bolsonaro, o Brasil já está bem próximo de alcançar meio milhão de óbitos na pandemia, podendo ser considerado o país mais mortal do planeta. “E daí? Eu não sou coveiro”… Diria, mais uma vez, o nosso irônico capitão-presidente.

Os comentários estão encerrados.

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: