Viagens objetivas II

E a viagem da vice-presidente Kamala Harris ao México e Guatemala para tratar do complexo problema da crise migratória ilegal para os EUA (ela inclusive de uma família imigrante indiana) tenta estabelecer outros limites de controles fronteiriços, entendendo as realidades de cada país de origem das grandes levas de migrantes. Com a onda migratória para os EUA nos maiores níveis em 15 anos, Kamala busca discutir vários pontos, principalmente compensações financeiras para os países de origem. Outro alvo é o tráfico de drogas e os intrincados corredores de envio abertos em direção ao solo americano, há muito tempo. A América do Norte sabe que precisa dar mais ênfase ao combate contra o poderoso e lucrativo narcotráfico mundial. Estão perdendo a guerra.

Os comentários estão encerrados.

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: