Viagens objetivas

As viagens externas dos mandatários americanos, Joe Biden e Kamala Harris, um pra cada lado, têm pautas diferentes, mas significado único: o bem-estar e a segurança dos EUA. O presidente ao chegar ao encontro do G7 com a notícia de doação de 500 milhões de doses da vacina Pfizer para quase 100 países desassistidos em suas campanhas de imunização, evoca a grandeza humanitária de sua poderosa nação, agora sob nova direção, bem contrária ao pensamento e política externa de seu antecessor Trump. E a doação americana já suscitou outras imediatas doações de 100 milhões de doses do Reino Unido, anfitrião do evento. Espera-se que todos os países participantes do G7 sigam o mesmo caminho de doação de vacinas para o resto do mundo. Os grandes líderes mundiais já entenderam que a pandemia só vai ser contida quando todas as populações estiverem vacinadas, pois o vírus não respeita fronteiras geográficas.

Os comentários estão encerrados.

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: