O baiano Aras dançou

O presidente Jair Bolsonaro anunciou ontem aos seus ministros que vai indicar o chefe da AGU, o evangélico André Mendonça, para a vaga de Marco Aurélio Mello no STF. Como prêmio de consolo, Aras vai ser reconduzido ao cargo de procurador-geral da República, já que tem sido um fiel e obediente cumpridor das ordens de Jair Bolsonaro.

Os comentários estão encerrados.

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: