Advogado baiano pode sofrer uma derrota na PGR

É forte a pressão para a volta de Augusto Aras à Procuradoria-Geral da República. Integrantes do Ministério Público Federal e da alta cúpula do Judiciário de Brasília querem retirar poderes de Aras, já que ele é totalmente entregue ao comando do presidente Jair Bolsonaro. A sua recondução depende do Senado, e ele começa a fazer a sua peregrinação na Casa, porque sabe que qualquer candidato do presidente Bolsonaro vai ter problemas no Senado. A maioria do Ministério Público Federal quer a redução de poderes, se ele permanecer no cargo. O episódio é lamentável, já que ele está sendo chamado de pior procurador-geral da República que o Brasil já teve. 

Os comentários estão encerrados.

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: